Homem que ateou fogo em carro no Centro de São Miguel dos Campos é indiciado pela Polícia Civil

COMPARTILHE
Por: AlagoasWeb com PC/AL  Data: 31/05/2022 às 18:25
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Reprodução

A Polícia Civil, através da 6ª Delegacia Regional de São Miguel dos Campos (6ª DRP), concluiu nesta terça-feira (31), as investigações do incêndio criminoso ocorrido na noite do dia 14 de maio, onde um veículo foi incendiado ao lado da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó, no Centro da cidade.

O delegado João Marcello, titular da 6ª DRP, presidiu o inquérito policial. Ele informou que o suspeito do ato criminoso, um homem de 40 anos, foi identificado após investigações.

Ainda de acordo com as informações passadas pela autoridade policial, em seu interrogatório o acusado confessou a prática do incêndio do veículo, justificando que estaria embriagado e agiu por violenta emoção, em razão da discussão anterior que tivera, mesmo sabendo do perigo de explosão que causou, podendo ferir ou matar pessoas no entorno do local.

Relembre o caso

Ainda de acordo com o delegado, o indivíduo alegou que imaginava que o carro incendiado pertencia a pessoa com quem tinha discutido. Porém, o veículo era de uma pessoa que estava na missa e nada tinha a ver com a confusão.

“Naquela oportunidade houve uma discussão entre um motoqueiro embriagado e um indivíduo que participava da missa. Na sequência, o condutor da moto se dirigiu até sua oficina, onde armazenava um galão de gasolina, retornou ao local, despejou o combustível sobre um carro, que imaginava ser da pessoa com quem tinha discutido e ateou fogo”, esclareceu o delegado, tomando como base as imagens que flagraram o delito.

O delegado promoveu o indiciamento do investigado pelos crimes de incêndio, embriaguez na condução de veículo automotor e armazenamento irregular de combustível, cujas penas somadas podem chegar a 13 anos.