Explosão em tanque da Usina Porto Rico causa derramamento de melaço em rio e morte de peixes

COMPARTILHE
Por: AlagoasWeb  Data: 24/11/2020 às 14:43
Fonte de Imagem: Reprodução

O rompimento de um tanque de melaço (supostamente uma explosão) da Usina Porto Rico (municipio de Campo Alegre), na madrugada de ontem (23), espalhou uma grande quantidade de melaço no solo e nas águas Rio Jequiá (Igrejinha da Usina Sinimbu e na Vila Operária).

De acordo com a coordenação de produção da indústria, o reservatório estava com cerca de 100 mil litros do produto e aproximadamente entre 10 e 15%, vazou e se espalhou. Parte do material foi drenado para uma lagoa de decantação que em seguida foi bombeado para canais de irrigação.

A empresa coletou de amostra de água em dois pontos no rio e identificou algumas alterações na coloração da água devido a presença do melaço. Em um local mais distante, na Fazenda Prata, também foi encontrado vestígios do material.

Como forma de dissipar o produto, a vazão do rio, em um ponto de barragem, foi aumentada, no entanto, foram constatadas hoje (24), alguns peixes mortos no trajeto por onde o material passaram.

A empresa pediu ajuda a moradores da região para avisar caso houvesse alguma alteração nas águas. Técnicos do IBAMA, com apoio da ICMBio, estão trabalhando para avaliar o impacto do material no rio e lagoa de Jequiá.

Um processo foi aberto no IBAMA para acompanhar a situação na região.