Exclusivo: Pastor José Olímpio afirma que vai recorrer de decisão que o condenou por homofobia contra ator

COMPARTILHE
Por: AlagoasWeb  Data: 28/04/2022 às 11:02
Imagem: Arquivo pessoal

O pastor José Olímpio da Silva Filho, da Assembleia de Deus em Alagoas, falou com exclusividade à reportagem do AlagoasWeb na manhã desta quinta-feira (28), e disse que vai recorrer da decisão do juiz Ygor Figueiredo (14ª Vara Criminal da Capital – Crime contra Menor, Idoso, Deficiente e Vulnerável), que o condenou por homofobia praticado contra o ator Paulo Gustavo.

Olímpio destacou, em sua defesa, que não houve, em momento algum, discriminação, muito menos intenção de tal. Ele disse que quis mostrar ao ator o caminho corretor a ser seguido, orientado pela Bíblia.

O pastor lembrou, ainda, que em nenhuma de suas postagens falou da orientação sexual de Paulo Gustavo, “tenho parentes e amigos homossexuais, nunca descriminei nenhum deles, tão pouco sou a favor de tal pratica”, completou.

José Olímpio foi condenado a uma pena de dois anos e nove meses, mas, por se tratar de uma condenação inferior a quatro anos, e por se tratar de crime cometido sem violência ou grave ameaça, a pena foi substituída por prestação de serviço à comunidade.

De acordo com a decisão, o pastor deve prestar serviço durante seis horas semanais e pagar uma multa de 30 salários-mínimos. O valor será revertido para grupo ou organização não governamental de Alagoas com atuação em favor da comunidade LBGTIA+.