CSA vence o Cruzeiro fora de casa e aumenta calvário mineiro

COMPARTILHE
Por: Array / Metropoles  Data: 29/11/2019 às 05:55
Fonte de Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Time mineiro teve a chance de empatar, mas Thiago Neves isolou a cobrança e desperdiçou oportunidade celeste

O CSA ganhou sobrevida na Série A na noite desta quinta-feira (28/11/2019). Em pleno Mineirão, o time alagoano bateu o Cruzeiro por 1 x 0 e chegou aos 32 pontos no Brasileirão. De quebra, a equipe de Maceió diminuiu a vantagem justamente para o time celeste para quatro pontos. No segundo tempo, os mineiros tiveram um pênalti marcado com auxílio do VAR. Na cobrança, Thiago Neves mandou a bola para fora, aumentando a agonia da Raposa.

O Cruzeiro começou melhor a partida, chegando com perigo ao gol de Jordi em pelo menos três oportunidades. Claramente jogando buscando o contra-ataque, o CSA conseguiu colocar o plano de jogo em prática na reta final do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Alan Costa aproveitou rebote do goleiro Fábio para empurrar a bola para o gol vazio. A abertura de placar foi o último grande momento da etapa inicial, que terminou com vitória parcial dos alagoanos por 1 x 0.

No segundo tempo, o técnico Abel Braga promoveu duas substituições logo na volta para o intervalo, visando aumentar o poder ofensivo do Cruzeiro. As mudanças surtiram efeito e os donos da casa pressionaram o CSA ainda mais. Thiago Neves foi um dos melhores jogadores do Cruzeiro em campo… Até os 16 minutos. Em lance auxiliado pelo árbitro de vídeo, o árbitro da partida, Vinicius Gonçalves Dias Araújo, assinalou penalidade máxima após falta de Alan Costa em Pedro Rocha. Na cobrança, o camisa 10 da Raposa mandou longe do gol, o que deu início a um pequeno tumulto.

Sinalizadores foram atirados no gramado, enquanto bombas explodiram nas arquibancadas atrás da meta defendida por Jordi. Os barulhos fizeram com que a partida fosse momentaneamente paralisada. Após pausa de cerca de dois minutos, a bola voltou a rolar no Mineirão, mas o clima já era tenso.

A partida seguiu com muita fumaça no estádio, o que chegou a atrapalhar os jogadores em alguns momentos. Com uma verdadeira blitz na reta final da partida, o Cruzeiro amassou o CSA no campo de defesa. O time mineiro, porém, esbarrou na zaga do time alagoano. Apesar de acuados, os comandados de Argel Fucks conseguiram brecar as investidas dos donos da casa para garantir a vitória por 1 x 0. O resultado manteve vivas as esperanças do CSA de permanecer na elite do futebol brasileiro, enquanto acendeu de vez o alerta para os mineiros, que jamais foram rebaixados à Série B do Campeonato Brasileiro.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrentará o Vasco, no Rio de Janeiro. O CSA, por sua vez, faz um confronto nordestino, ao receber o Bahia, em Maceió.