Criança usada como escudo humano em troca de tiros morre no HEA

COMPARTILHE
Por: Array / AlagoasWeb  Data: 29/01/2019 às 14:40
Fonte de Imagem: Redes sociais

Polícia já identificou um dos envolvidos no crime

O menino de 8 anos baleado no último sábado, dia 26, durante uma troca de tiros entre criminosos na cidade de Inhapi, interior de Alagoas, morreu na manhã de ontem (28) no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca.

Joaquim Silva Costa, foi atingido por um disparo de arma de fogo ao ser usado como escudo humano por um dos bandidos, reveja: Criança é atingida por disparo de arma de fogo na cabeça durante tiroteio no interior de Alagoas



De acordo com o HEA, a criança foi submetida a procedimento cirúrgico, mas não resistiu a gravidade do ferimento e morreu.

Um dos envolvidos no crime, supostamente o homem que usou a criança como escudo para se proteger dos disparos efetuados contra ele, já foi identificado. O acusado está sendo procurado pela Polícia Militar.

O menino foi sepultado nesta terça-feira, dia 28, em Inhapi.