CRB bate a Ponte Preta e ainda tem pequena chance de acesso

COMPARTILHE
Por: Array / Globo Esporte  Data: 17/11/2019 às 08:45
Fonte de Imagem: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

Galo chega a 54 pontos e assume a sexta colocação. Léo Ceará encosta na briga pela artilharia

O CRB fez a sua parte no Rei Pelé. Venceu a Ponte Preta por 2 a 0 e ainda tem uma chance mínima de acesso. São seis pontos de diferença para o G-4. Destaque para o atacante Léo Ceará, que marcou o primeiro gol deste sábado e chegou a 14 na Série B. Ele briga pela artilharia com Guilherme, do Sport, que tem 15. O segundo gol do Galo foi marcado por Lucas Siqueira.

Como fica?
É muito difícil, mas o CRB ainda pode dizer que continua lutando pelo acesso. Faltam apenas duas rodadas para o fim da Série B. Para subir, o Galo precisa vencer Figueirense e Bragantino e torcer por seguidos tropeços de Coritiba, Atlético-GO e América-MG. São quatro times para duas vagas. Com 54 pontos, o Galo é o sexto colocado.

A Ponte não corre mais risco de cair, mas perdeu uma posição na rodada. Está na 12ª colocação, com 44 pontos.

Incomoda
A Ponte está livre do rebaixamento, com 44 pontos, mas vive um incômodo jejum na Série B. Completou neste sábado no Rei Pelé o nono jogo sem vitória.

Goleador
Brigando pela artilharia, Léo Ceará foi muito acionado no CRB. Os companheiros procuravam o camisa 9 em campo e as chances apareceram. De pênalti, ele abriu o placar neste sábado.

Primeiro tempo
O CRB criou logo aos quatro minutos. Willie entrou na área e tocou para Léo Ceará bater de primeira: o goleiro da Ponte fez uma boa defesa. Vico respondeu na sequência e assustou o goleiro do Galo. Aos nove minutos, Daniel Borges foi derrubado na área da Ponte por Guilherme Guedes: pênalti claro.

Léo Ceará deslocou Ygor e abriu o placar aos 10 minutos. Aos 27, Willie fez mais um gol para o CRB, mas estava impedido e a jogada foi anulada corretamente. Depois dos 30, a Ponte saiu e criou duas chances, com Vico e Roger. Na defesa, no entanto, deu espaço e o Galo ampliou aos 44. Willie deu um passe de letra para Lucas Siqueira marcar o segundo gol.

Segundo tempo
Jogo morno na etapa final. O CRB recuou um pouco e puxava contra-ataques. A melhor chance foi com Léo Ceará, aos 10. Ele aproveitou uma falha da defesa da Ponte e dominou mal. A bola correu muito. Na sequência da jogada, Wille balançou a rede, mas estava impedido. Gol bem anulado.

Tímida, a Ponte teve uma chance aos 27, com Araos, num chute venenoso, mas fez pouco ofensivamente. O CRB poderia ter ampliado aos 36, com Edson Cariús, que recebeu livre na área e parou numa grande defesa de Ygor.

A próxima
O CRB volta a jogar no Rei Pelé na próxima sexta. Recebe o Figueirense, às 19h15. Quarta, a Ponte Preta encara o Sport no Recife, às 21h30.