Como fazer o RG único | Carteira de Identidade Digital

COMPARTILHE
Por: Ministério da Economia  Data: 02/04/2022 às 07:07
Fonte de Imagem: Reprodução

O RG único é a nova carteira de identidade nacional. O documento, que pode ser recebido em versão física ou digital, utiliza o número do seu CPF para identificação e é emitido em todo o território nacional.O novo formato do documento foi anunciado em fevereiro de 2022, a partir de decreto presidencial.

Os órgãos emissores de todos os estados e do Distrito Federal possuem até 6 de março de 2023 para se adequarem à mudança e permitir a emissão da carteira de identidade. A seguir, saiba mais sobre o que é o RG único, como fazer e quais as diferenças para outros documentos.

O que é o RG único?
A nova Carteira de Identidade digital, ou RG único, é um documento unificado para substituir o RG convencional. Com essa nova carteira, não são mais criados números diferentes para o RG e o CPF: apenas o número do seu CPF é utilizado para identificação.

Uma das principais vantagens do RG único envolve a unificação e a segurança contra golpes. Anteriormente, caso precisasse emitir um RG em outro estado, um número novo era gerado, porque bases de dados estaduais não eram integrados. Ou seja: uma única pessoa poderia ter até 27 números diferentes de RG. Isso gera confusão na hora de cruzar informações facilitava o uso para fraudes.

O novo documento é autenticado por QR Code e conta com um código MRZ, usado em passaportes. As informações incluem o nome completo, nome social, data de nascimento, foto 3×4, matrícula de certidão de nascimento, entre outros. Também permite incluir dados opcionais, como tipo sanguíneo e outras informações particulares de saúde. A Carteira de Identidade é emitida na versão física, em papel ou plástico, e disponibilizada digitalmente pelo aplicativo Gov.br (Android iOS) quando estiver pronta.

Como fazer o RG único
A emissão da Carteira de Identidade é feita de forma presencial. Para fazer o seu RG único, é necessário ir ao órgão emissor da sua cidade e levar a certidão de nascimento ou casamento.

Em seguida, o órgão emissor validará o cadastro com a plataforma Gov.br e irá informar o prazo para retirar a versão física do documento. Após a retirada, você também poderá acessar a Carteira de Identidade Digital pelo celular, com o aplicativo Gov.br, na área “Carteira”.

RG único poderá ser acessado na área “Carteira”, do aplicativo Gov.br (Captura de tela: André Magalhães)

O decreto para a criação do novo documento entrou em vigor a partir do dia 1º de março de 2022. Todos os órgãos emissores do Brasil possuem o prazo até 6 de março de 2023 para regularizarem o cadastro e a emissão da Carteira de Identidade. Portanto, para descobrir se já pode solicitar seu documento, é necessário entrar em contato com os respectivos órgãos.

Quem precisa tirar o novo RG
A nova versão da Carteira de Identidade também altera o prazo de validade para quem possui RG no formato antigo. Para crianças de 0 a 12 anos de idade, o RG no formato anterior tem validade de até 5 anos. Pessoas com 12 a 60 anos ainda possuem prazo de validade por 10 anos. Já os idosos com idade acima de 60 anos conseguem usar o RG antigo por tempo indeterminado.

Porém, mesmo antes do prazo de validade, qualquer solicitação de um novo RG já será adequada ao formato único. Caso já tenha o RG único e precise emitir o documento em outra unidade da federação, é possível receber uma segunda via, e não um número novo.