Carneiro é condenado a três anos de prisão por chifrar e matar mulher

COMPARTILHE
Por: R7  Data: 12/06/2022 às 10:48
Fonte de Imagem: Ilustração

Um tribunal do Sudão do Sul condenou um carneiro a três anos de prisão por matar uma mulher no país. O animal deu diversas chifradas na vítima e foi detido logo depois.

O caso bizarro foi registrado no início de maio, na província de Rumbek East. O carneiro atacou violentamente Adhieu Chaping, de 45 anos, e quebrou três costelas dela.

A vítima, infelizmente, faleceu no local, antes de receber o devido atendimento médico. Já o bovídeo assassino foi levado para uma delegacia local.

“O proprietário é inocente, foi o carneiro que cometeu o crime, então ele merece ser preso. Posteriormente, o caso será encaminhado ao tribunal”, afirmou um comunicado da polícia, divulgado pelo canal indiano NDTV.

O animal agora ficará detido em uma instalação militar regional. Já o dono do carneiro, Duony Manyang Dhal, terá que dar cinco vacas à família da vítima, como forma de compensação.

Segundo a NDTV, o dono do carneiro e a família da vítima são parentes e formalizaram o acordo com líderes comunitários. De acordo com as tradições do país, o animal assassino também será dado aos familiares da vítima.