‘Canibais de Garanhuns’ são condenados e pena somada chega a 210 anos

COMPARTILHE
Por: Array / Radio Jornal NE10  Data: 16/12/2018 às 20:25
Fonte de Imagem: Alexandre Gondim/JC Imagem

A sentença do caso dos 'canibais de Garanhuns' foi dada no sábado, dia 15

O trio conhecido como “Canibais de Garanhuns” foi condenado neste sábado (15)  por assassinar, esquartejar, consumir e vender carne humana dentro de salgados, no Agreste do Estado. O juiz Ernesto Bezerra condenou Jorge Beltrão Negromonte da Silveira a 71 anos de reclusão, Isabel Cristina Pires da Silveira a 68 anos e Bruna Cristina Oliveira da Silva a 71 anos e 10 meses.

Segunda condenação
O segundo julgamento do trio traz um desfecho para o caso que chocou o País, principalmente pelo fato dos réus terem consumidos a carne dos corpos das vítimas e, inclusive, vendido salgados em Garanhuns com essa carne. As penas somadas superam 210 anos. Eles já tinham sido condenados em 2014 pelo assassinato de uma jovem em Olinda.