ASA goleia o CRB por 4 a 1 e assume a vice-liderança do Alagoano

COMPARTILHE
Por: GE  Data: 09/03/2022 às 06:21
Fonte de Imagem: Ailton Cruz/GA

A torcida do ASA não vai esquecer tão cedo este clássico. É aquele tipo de jogo que fica guardado nos arquivos de Paulo Lima, em Arapiraca. Em campo, o Alvinegro goleou o rival CRB por 4 a 1 nesta terça, no Rei Pelé, e chegou à vice-liderança do Alagoano. E o clássico teve direito a golaço. No início do jogo, Anderson Feijão cobrou falta com extrema categoria e abriu o placar. Depois, Júnior Viçosa, Xande e Lucas Gaspar marcaram mais três. Rafael Longuine, num belo gol, descontou para o CRB, que corre o risco até de sair do G-4 nesta sexta rodada.

Como fica?
O ASA ultrapassou o Murici nesta terça, dorme na vice-liderança do Alagoano, com 11 pontos, e encaminhou a classificação para as semifinais. Ficou bem perto da vaga. O CRB, por outro lado, se complicou. Ficou nos oito pontos, está em quarto lugar, mas pode ser ultrapassado pelo CSE nesta quarta. O time de Palmeira tem sete pontos e enfrenta o CSA no Rei Pelé, às 20h.

Agenda
O CRB volta a jogar na próxima quinta, às 20h, contra o Atlético-BA, pela Copa do Nordeste. Nesta terça, a delegação sai de ônibus do Estádio Rei Pelé e vai direto para Alagoinhas, no interior da Bahia. O ASA fecha a participação na primeira fase do estadual no próximo sábado, às 17h, contra o Cruzeiro-AL, em Arapiraca.

Jota no banco
O auxiliar Jota Guerreiro comandou o ASA nesta terça. Ele foi para a área técnica porque o treinador José Arnaldo Lira ainda não está regularizado. Até foi ao Estádio Rei Pelé, mas apenas observou a equipe.”Sempre tive personalidade como jogador e agora como interino. A gente deu um baile no CRB, conseguiu o objetivo e agora vai para a decisão no sábado contra o Cruzeiro”, comentou Jota, após a vitória.

Primeiro tempo
O ASA começou o clássico em ritmo de frevo. Aos quatro minutos, Anderson Feijão cobrou falta com imensa categoria e abriu o placar. O goleiro Diogo Silva nem se mexeu. O CRB nem respirou e já levou outro. Michel cruzou da direita, Júnior Viçosa ganhou por cima de Reginaldo e acertou uma cabeçada colocado, encobrindo Diogo: 2 a 0. Perdendo, o técnico do CRB trocou o volante Marthã pelo meia Rafael Longuine e tentou buscar o empate. O ASA se fechou na defesa e tirou o espaço do adversário, que teve uma chance com Richard e ficou rondando a área alvinegra.Aos 41, Reginaldo recebeu livre na área e bateu cruzado. A bola desviou em Anselmo Ramon e quase entrou. Depois, Diego Torres cruzou, Anselmo cabeceou meio que no susto e o goleiro do ASA teve muita dificuldade para defender. Esta foi a melhor oportunidade do CRB no primeiro tempo.

O ASA tratou de ampliar a diferença aos cinco minutos. Xande disparou em velocidade no ataque, ganhou de Gum e tocou na saída de Diogo Silva para marcar o terceiro.O CRB tentou pegar no tranco e deu esperança à torcida aos 30, num golaço de Rafael Longuine. Acertou um chutaço na gaveta, mas não tinha jeito mesmo. Aos 36, o ASA matou o clássico no contra-ataque. Lucas Gaspar recebeu com liberdade na área e só tirou o goleiro Diogo Silva para marcar o quarto.