Apoiador de Lula mata eleitor de Bolsonaro a golpes de faca em SP

COMPARTILHE !!
Por: Com agências  Data: 06/10/2022 às 06:01
Imagem: Reprodução

Um homem foi preso em Itanhaém, no litoral de São Paulo, após matar um amigo a facadas durante uma discussão por política. Segundo a Polícia Militar informou ao g1, nesta quarta-feira, dia 5, o suspeito é eleitor do candidado Lula (PT) e não concordava com a opnião do amigo (vitima), que declarava voto em Jair Bolsonaro.

O crime aconteceu no fim da tarde da última terça, dia 4. O suspeito Luis Antônio Ferreira da Silva, de 42 anos, confessou o assassinato e relatou que morava junto com a vítima, José Roberto Gomes Mendes, de 52, há cinco anos.

O corpo do bolsonarista foi encontrado pelos agentes no chão e com oito ferimentos de faca espalhados pelo rosto, costas e pescoço. O homem usava uma camisa com a foto de Bolsonaro quando foi morto.

O suspeito alegou que a discussão começou durante o almoço, quando a vítima disse que “todo petista era ladrão” e recebeu como resposta que ele “estava comendo a comida que o petista comprou”.

José Roberto atirou uma panela em sua direção e, na sequência, pegou uma faca para atacá-lo, segundo o suspeito relatou. Depois, os dois entraram em luta corporal, e Luis Antônio tomou o objeto e golpeou a vítima.

A Prefeitura de Itanhaém alega que os dois tinham “instabilidade emocional”. Ainda de acordo com o município, após cometer o crime, o suspeito aguardou a chegada da PM e do Samu.