Alagoas se aproxima de 25 mil casos confirmados de Coronavírus

COMPARTILHE
Por: Ascom SESAU/AL  Data: 17/06/2020 às 19:01
Fonte de Imagem: Reuters/Wolfgang Rattay/DR

O Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (17) confirma mais 1.235 casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 24.867 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 6.703 estão em isolamento domiciliar e 286 internados em leitos públicos e privados. Outros 17.065 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 2.567 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 18 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 811 óbitos por Covid-19.

Mais 18 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Sete vítimas residiam em Maceió, sendo quatro mulheres com idades de 81, 55, 39, e 59 anos; e sete homens de 78, 65 e 60 anos.

A mulher de 81 anos era hipertensa e tinha Parkinson e faleceu na Santa Casa de Maceió; a vítima de 55 anos era diabética e faleceu no Hospital Sanatório; a mulher de 39 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; e a vítima de 59 anos tinha doença renal crônica e faleceu no Hospital Vida.

O homem de 78 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no HGE; o homem de 65 anos era diabético e faleceu no Hospital Unimed; e o homem de 60 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no HGE.

A Covid-19 vitimou mais onze pessoas que residiam no interior de Alagoas, sendo sete homens e quatro mulheres. Residente em Poço das Trincheiras, o homem de 65 anos era diabético e faleceu no Hospital Clodolfo Rodrigues; o homem de 47 anos que morava em Campo Alegre era obeso e faleceu na Santa Casa de São Miguel dos Campos; o homem de 72 anos, de Matriz do Camaragibe, era diabético e faleceu no HGE; o homem de 49 anos, de Coruripe, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; outro homem que residia em Coruripe tinha 49 anos, era diabético e hipertenso e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; o homem de 68 anos, de Delmiro Gouveia, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; e o homem de 46 anos, que residia em Junqueiro, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly.

A mulher de 44 anos, que residia em Delmiro Gouveia, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; a vítima de 89 anos, que morava em São Sebastião e faleceu no Pronto Atendimento Municipal, não tinha comorbidades; uma mulher de 75 anos, de Poço das Trincheiras, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; e a mulher de 63 anos, de Arapiraca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Chama.