Alagoas registra primeiro caso da subvariante BQ.1 da Covid-19

COMPARTILHE !!
Por: Ascom Sesau-AL  Data: 16/11/2022 às 09:36
Imagem: AlagoasWeb/Arq

Exame de sequenciamento genético detectou o primeiro caso da subvariante BQ.1 da Ômicron-Covid-19 em Alagoas. O dado consta no Relatório Epidemiológico 45, emitido pelo Ministério da Saúde (MS).

Mesmo não sendo motivo para pânico, a situação epidemiológica do Estado será avaliada hoje (16), às 10 horas, na sede da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), em Jaraguá, durante reunião do Grupo Técnico (GT) da Sala de Situação da Covid-19.

De acordo com o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), trata-se de um homem de 66 anos, residente em Maceió, com histórico de viagem para São Paulo (SP). Segundo a investigação epidemiológica, ele começou a apresentar os sintomas da Covid-19 no dia 15 de outubro deste ano, mas nenhum dos seus contatos apresentou sintomatologia. Mesmo tendo testado positivo para a doença, ele não precisou ser hospitalizado, cumpriu o isolamento domiciliar como preconizado e já está plenamente recuperado, seguindo com suas atividades normalmente.

Conforme o infectologista Renee Oliveira, chefe do Gabinete de Combate à Covid-19 da Sesau, a população alagoana não deve entrar em pânico, uma vez que a chegada da BQ.1 no Estado já era esperada. Isso porque, segundo o especialista, por se tratar de um vírus, que é propagado principalmente por pessoas que viajam para outros estados, era só questão de tempo que Alagoas viesse a ter a circulação desta nova subvariante.