Alagoas conta mais de 36 mil casos de pessoas recuperadas do Coronavírus com 1.246 óbitos

COMPARTILHE
Por: Ascom SESAU/AL  Data: 10/07/2020 às 20:58
Fonte de Imagem: Reprodução

O Boletim Epidemiológico desta sexta-feira (10/07) confirma mais 768 casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 43.959 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 6.189 estão em isolamento domiciliar e 176 internados em leitos públicos e privados. Outros 36.343 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 2.089 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 16 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 1.246 óbitos por Covid-19.

Mais 16 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Das vítimas residentes em Maceió, dois eram homens, de 53 78 anos; e uma vítima era mulher, de 80 anos. O homem de 53 anos era diabético faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 78 anos tinha doença cardiovascular e faleceu no Hospital do Coração; e a mulher de 80 anos não tinha registro de comorbidade e faleceu na UPA Francês.

A Covid-19 vitimou mais 13 pessoas que residiam no interior do Estado, sendo oito homens e cinco mulheres. O homem de 83 anos, de Coruripe, era hipertenso e faleceu no Hospital Veredas; o homem de 79 anos, de Roteiro, era diabético e faleceu no Polo de Atendimento à Covid-19 em Campo Alegre; o homem de 75 anos, de Atalaia, não tinha registro de comorbidade e faleceu no Hospital Metropolitano; o homem de 76 anos, de Viçosa, era diabético e faleceu no Hospital Maceió; o homem de 69 anos, de Penedo, não tinha registro de comorbidade e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 72 anos, de Pilar, era hipertenso e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 75 anos, de Arapiraca, não tinha registro de comorbidade e faleceu no Hospital Daniel Houly; e o outro homem de Arapiraca, de 38 anos, não tinha registro de comorbidade e faleceu no Hospital Daniel Houly.

Em relação aos óbitos do sexo feminino, a mulher de 37 anos, de Arapiraca, não tinha registro de comorbidade e faleceu no Hospital Daniel Houly; a vítima de 65 anos, da Barra de São Miguel, não tinha registro de comorbidade e faleceu no Hospital Metropolitano; a mulher de 67 anos, de São Sebastião, era diabética e faleceu no Hospital Daniel Houly; a vítima de 68 anos, de Messias, era diabética e faleceu no Hospital Arthur Ramos; e a mulher de 45 anos, de Estrela de Alagoas, não tinha registro de comorbidade e faleceu no Hospital Universitário.