Alagoas conta mais 15 mortes e números de óbitos por Coronavírus no estado chega 1.428

COMPARTILHE
Por: Ascom SESAU/AL  Data: 21/07/2020 às 15:33
Fonte de Imagem: Akos Stiller/Bloomberg

O Boletim Epidemiológico desta terça-feira (21/07) confirma mais 644 casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 50.951 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 4.500 estão em isolamento domiciliar e 158 internados em leitos públicos e privados. Outros 44.863 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 953 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 15 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 1.428 óbitos por Covid-19.

Mais 15 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Três vítimas eram residentes em Maceió, sendo dois homens e uma mulher. O homem de 83 anos era hipertenso e faleceu na UPA Trapiche; o homem de 46 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Metropolitano; e a mulher de 39 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Vida. A Covid-19 vitimou mais 12 pessoas que moravam no interior do Estado, sendo nove homens e três mulheres.

O homem de 71 anos, de Delmiro Gouveia, era diabético e faleceu no Hospital Santa Rita; o homem de 77 anos, de Anadia, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Polo Regional de Campo Alegre; o homem de 68 anos, de Rio Largo, tinha doença respiratória crônica e faleceu no Hospital Sanatório; o homem de 56 anos, de Porto Calvo, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Metropolitano; o homem de 40 anos, de Teotônio Vilela, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Hélvio Auto; o homem de 71 anos, de São Miguel dos Campos, era hipertenso e faleceu no Hospital Metropolitano; o homem de 78 anos, de Coruripe, era diabético e faleceu no Polo Regional de Campo Alegre; o homem de 45 anos, de Campo Alegre, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Polo Regional do Município; e o homem de 90 anos, de Arapiraca, tinha asma, era hipertenso e faleceu no Hospital Regional.

Em relação aos óbitos do sexo feminino, a mulher 64 anos, de Arapiraca, era diabética e faleceu no Hospital Chama; a vítima de 83 anos, de Campo Alegre, era diabética, hipertensa e faleceu no Polo Regional do Município; e a mulher de 69 anos, de Craíbas, não tinha registro de comorbidades e faleceu na Unidade de Emergência do Agreste (HEA).