Advogada é morta ao tentar separar briga de casal

COMPARTILHE
Por: Correio 24 Horas  Data: 28/06/2022 às 14:14
Fonte de Imagem: Reprodução

Após tentar separar uma briga de casal de Bagé, Rio Grande do Sul, a advogada Ana Laura Borralho de Borba, de 28 anos, foi morta a tiros por um homem de 26 anos. O suspeito brigava com a companheira na calçada de uma rua da cidade, quando foi abordado pela mulher, que teria utilizado uma arma da família para impedir a agressão.

No entanto, o indivíduo conseguiu tirar o revólver da vítima e efetuou alguns disparos contra ela. Segundo o portal Gaúcha Zero Hora, o caso ocorreu na madrugada de domingo, 26, por volta das 3h30.

De acordo com 6º Regimento de Polícia Montada da Brigada Militar, o homem foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia da cidade, onde ficou detido. Agora o caso é investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Bagé.

O delegado Cristiano Ritta, responsável pelo caso, disse ao portal G1 que o suspeito tinha antecedentes criminais, já tendo sido preso uma outra vez por tráfico de drogas. Antes do crime acontecer, outras três pessoas já haviam tentado impedir as agressões do homem contra sua parceira.

Em nota, a subseção de Bagé da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) lamentou a morte da advogada e exaltou sua luta pelo direito da mulher.

“A Ordem dos Advogados do Brasil Subseção Bagé vem manifestar o mais profundo sentimento de consternação pelo falecimento da colega Advogada Ana Laura Borba, que sucumbiu no cumprimento do seu dever de cidadã em defesa de uma mulher vítima de violência doméstica, na manhã deste domingo. Nossa subseção se solidariza com o sofrimento dos familiares e amigos, diante desta perda irreparável para toda a sociedade”, diz o texto.