Adolescente de 14 anos e jovem de 25 morrem em consequência do Covid em Alagoas

COMPARTILHE !!
 Data: 27/01/2021 às 19:19
Imagem: AlagoasWeb

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desta quarta-feira (27), confirma mais 563 novos casos de Covid-19 em Alagoas. Agora o estado tem um total de 115.946 casos confirmados do novo coronavírus, dos quais 2.470 estão em isolamento domiciliar. Outros 110.386 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença.

Em Alagoas existem 7.740 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais nove mortes em território alagoano. Alagoas tem 2.710 óbitos por Covid-19.

Mortes – No boletim de hoje, mais nove mortes foram confirmadas, laboratorialmente. Cinco vítimas da capital e quatro do interior. As vítimas de Maceió eram dois homens, sendo um adolescente de 14 anos e um idoso de 84 anos, além de três mulheres de 58, 82 e 85 anos.

O adolescente de 14 anos não tinha comorbidades e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jacintinho; o homem de 84 anos era hipertenso, diabético e morreu no Hospital da Mulher (HM); a mulher de 58 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Arthur Ramos, a mulher de 82 anos era hipertensa, diabética e morreu na Santa Casa; a mulher de 85 anos tinha doença de Parkinson e morreu no Hospital Medradius.

No interior, três mulheres de 25, 46 e 63 anos e um homem de 81 anos morreram por consequência da doença. A mulher de 25 anos residia em Limoeiro de Anadia, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; a mulher de 46 anos, morava em Água Branca, era diabética, tinha hipotiroidismo e síndrome de Down e morreu também no HEA, a mulher de 63 anos, morava em Arapiraca, era diabética, tinha doença cardiovascular e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; o homem de 81 anos morava em Coité do Nóia, não tinha comorbidades e também morreu no Hospital Chama.

Para ter acesso ao boletim epidemiológico basta clicar neste link Informe-Epidemiologico COVID-19.