ADBrás Alagoas expulsa pastor após prisão por estupro

COMPARTILHE
Por: Gospel Contei  Data: 18/11/2021 às 06:02
Fonte de Imagem: Reprodução

A direção da Igreja Assembleia de Deus – Brás Alagoas, emitiu uma nota na última terça-feira (16), onde alega que o Pastor Benedito Edson Cavalcante da Silva foi afastado de suas funções eclesiásticas após ser preso, acusado de estuprar a neta da esposa, com apenas anos de vida.

Reveja: Inspetor da Guarda Municipal de Maceió é preso por suspeita de estuprar a neta de 6 anos

De acordo com as informações de portais locais, o religioso teria cometido crime no final de semana durante um almoço de família. Além de pastor da ADBrás de Alagoas, Edson Cavalcante também é inspetor da guarda municipal de Maceió.

Veja a nota divulgada pela presidência da igreja:

Nota oficial: A direção da AD Brás Alagoas lamenta o ocorrido e informa que o fato que se encontra no momento em investigação pelos órgãos competentes, NÃO ACONTECEU NAS DEPENDÊNCIAS DA IGREJA. Informamos ainda:

  • Que ao tomarmos ciência, prestamos toda a assistência inicialmente necessária a família;
  • Que afastamos o Pastor Benedito Edson Cavalcante da Silva das funções eclesiásticas.

Repudiamos veementemente todo e qualquer crime cometido, especialmente contra crianças e adolescentes.

Continuaremos acompanhando de perto o desenrolar das investigações e tomaremos as medidas cabíveis.

AD Brás Alagoas
Direção