Ação da PRF e PM prende sete pessoas e recupera nove veículos no Sertão de Alagoas

COMPARTILHE
Por: Alagoas com PRF/AL  Data: 06/12/2021 às 13:20
Fonte de Imagem: PRF/AL

A Operação Sertão 2021, uma parceria entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Alagoas, Polícia Militar de Alagoas e PM de Pernambuco, que teve início em 29 de novembro resultou na recuperação de nove veículos, apreensão de três armas de fogo e prisão de sete pessoas.

A operação tinha como objetivo reforçar as ações de combate ao tráfico de drogas, roubo de cargas e de veículos, e nas rodovias federais da região do Sertão de Alagoas, e também promover nivelamento com foco no enfrentamento às fraudes veiculares, delitos comuns na região.

Os policiais atuaram nos pontos críticos das BR´s 316, 423 e 110, localizadas nas divisas de Alagoas com os estados da Bahia, Pernambuco e Sergipe.

A ação contou com a participação de efetivo da PM de Alagoas, especialmente da Cia de Operações Policiais Especiais do Sertão (COPES), PM de Pernambuco (3ª CIA do 9º BPM), para atuação conjunta nas rodovias estaduais conexas aos trechos de rodovia federal.

Dentre as ocorrências, foram registrados os crimes de receptação, apropriação indébita, porte ilegal de arma de fogo e adulteração de sinal identificador de veículo. Somente na sexta-feira (03) a PRF, em conjunto com as PMs, recuperou quatro veículos roubados.

Por volta das 10h, a equipe foi acionada pela PM/AL, na cidade de Piranhas, informando que após as ações da operação, ocorreram alguns abandonos de veículos na região da divisa entre Alagoas e Sergipe, mais precisamente nas imediações cidade de Canindé de São Francisco/SE.

Os carros não possuíam placas de identificação e três deles estavam no 4º Batalhão de Polícia Militar de Sergipe. Um outro veículo foi localizado em um povoado próximo.

Em relação as prisões, em um dos casos, um homem foi flagrado portando uma espingarda nas costas, em Piranhas. Questionado, ele disse não possuir nenhuma documentação. Também foi encontrado com ele, diversas cápsulas de munição já deflagradas. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia civil de Delmiro Gouveia, para procedimentos cabíveis.